Greve na CPTM: Secretário diz que foi pego de surpresa

Em meio a greve que atinge quatro linhas da CPTM, o Secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, afirmou à rádio Estadão que a secretaria foi pega de surpresa, uma vez que a negociação com esta em andamento. 

“Neste momento de crise econômica, esta é uma proposta bastante positiva, mas infelizmente ainda não houve acordo”, disse o secretário. Os trabalhadores pedem 10% de aumento real no salário.

“Pelas nossas contas, estamos conseguindo operar dois terços do sistema. Portanto, um pouco mais de 900 mil pessoas estão sendo atendidas normalmente. Estimamos que 500 mil pessoas foram afetadas diretamente por esta greve”, contou Clodoaldo Pelissioni na entrevista.

“Quando soubemos da decisão dos sindicatos, por volta das 20h30 de ontem, nós procuramos informar o mais rápido possível o maior número de meios de comunicação, para que informação chegasse aos usuários…Estamos fazendo todo o esforço para que as linhas da CPTM voltem a circular ainda hoje”, disse à Rádio.

Fonte: Via Trolebus

Coment�rios
0 Coment�rios

0 comentários: