Apesar de aumento, motoristas não descartam greve de ônibus em São Paulo

Apesar do poder público ter concedido uma alta 6,82% na renumeração para as empresas de ônibus do sistema local de São Paulo durante uma reunião nesta quarta-feira (15), os ex-cooperados não descartam a possibilidade de greve para esta sexta-feira (17). As empresa que antes operavam em esquema de cooperativa querem um reajuste de 20%.

As linhas do sistema local operam sobretudo nos bairros da capital paulista, grande parte com veículos menores como micro ônibus e mini ônibus, e atendem a uma média de 3,3 milhões de passageiros diariamente.

O movimento grevista vem por parte do trabalhadores, que alegam que benefícios não estariam sendo cumpridos, além do piso salarial ser diferente das demais empresas.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: