Metroviários dizem que vão “resistir” sobre concessão da Linha 5

Após anúncio de concessão da Linha 5-Lilás do Metrô, feita pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o Sindicato dos Metroviários reagiram a declaração e prometem “resistir”. “O Sindicato dos Metroviários de São Paulo reafirma sua posição contrária a qualquer tipo de privatização” – diz a entidade em seu site oficial. Representantes da categoria devem conceder entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (22).

A linha 5 opera atualmente do Capão Redondo até a estação Adolfo Pinheiro, e esta sendo expandida até a Chácara klabin, cujo a obra esta sendo custeada pelo poder público. A concessão será apenas da operação.

A ligação metroviária pode ser estendida também para o Jardim Ângela, ao sul, onde estas obras poderão ser bancadas pela empresa ou consórcio que ganhar a concorrência. O Estado já iniciou os estudos de modelagem financeira e jurídica.

A Linha 5 é operada pelo Metrô desde sua inauguração, em 2002, assim como as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata.

Fonte: Via Trolebus

Comentários
0 Comentários

0 comentários: