Entidades pedem frota limpa em nova licitação de São Paulo

Uma nova licitação dos transportes em São Paulo esta em curso, porém o edital não prevê a troca de veículos à diesel por ônibus com combustíveis limpos, ainda que a lei 14.933, de 05 de junho de 2009, determina que até 2018 todos os ônibus municipais sejam movidos por fontes de energia não fósseis.

Uma carta com o caráter de cobrança à prefeitura com a assinatura do Greenpeace Brasil, Rede Nossa São Paulo, Instituto Saúde e Sustentabilidade, a UITP sigla em inglês para União Internacional dos Transportes Públicos e o Movimento Respira São Paulo, foi enviado a comissão da prefeitura. Os grupos querem que o poder público informe como será “promovida a introdução de novas tecnologias de forma gradual na cidade de São Paulo”.

No edital de licitação, apenas os trólebus estão garantidos para continuidade de operação sem que haja perspectiva de ampliação do sistema. A rede elétrica esta sendo modernizada, com o prazo de conclusão dos trabalhos até o final deste ano. “os serviços seguem em andamento, sendo que, até o momento, já foram executados 60% dos serviços de modernização de toda rede” – diz nota da SPTrans.

Fonte: Via Trolebus
Coment�rios
0 Coment�rios

0 comentários: