Trens do Metrô e da CPTM circularão uma hora a mais com o fim do horário de verão

Na madrugada do próximo sábado (20) para domingo (21), quando termina o Horário de Verão e os relógios serão atrasados em uma hora, o Metrô e a CPTM estenderão por uma hora o horário de funcionamento das estações. A medida também será adotada na Linha 4-Amarela (Butantã-Luz), que é operada pela concessionária ViaQuatro. Em função da mudança, os passageiros poderão embarcar até a 1h do horário novo (2h do horário antigo).

Com a ampliação do horário de circulação dos trens, o número de viagens ofertadas na rede também será maior. Na Linha 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), foram programadas 20 viagens adicionais. Na Linha 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), haverá acréscimo de 24 partidas. Os usuários da Linha 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda) também se beneficiarão com a medida e contarão com oferta de 21 viagens extras. E na Linha 5 (Capão Redondo-Adolfo Pinheiro) a programação prevê 16 viagens a mais. 

No domingo (22), já com o horário ajustado, todas as estações do metrô reabrem no horário habitual, às 4h40, na CPTM, às 4h. Em relação ao horário de funcionamento do monotrilho da Linha 15-Prata, que atende diariamente das 6h às 20 horas, não haverá mudanças.

Para mais informações sobre a operação da rede metroviária, os usuários têm à disposição a Central de Informações do Metrô (tel. 0800 770 7722), que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30. Já a Central de Atendimento da ViaQuatro (concessionária da Linha 4-Amarela) atende pelo tel. 0800 770 7100, de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22 horas, e aos sábados e domingos, das 8h às 18 horas. Na CPTM, o
Serviço de Atendimento ao Usuário atende pelo telefone 0800 055 0121, 24 horas.
 
Ciclovia Marginal Pinheiros: Até o dia 27 de março, o horário de acesso para a ciclovia ficará aberto das 5h às 19h30. A medida visa atender aos pedidos dos ciclistas que passam pelo local. A partir de 28/3, volta a vigorar o horário das 5h30 às 18h30.
 

Vimos no Metrô/SP e na CPTM

Coment�rios
0 Coment�rios

0 comentários: